Desemprego no Brasil chega a 13 milhões de pessoas

Uma situação que era clara a olhos vistos foi confirmada por dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na última semana: o número de desempregados no Brasil continua a crescer.

Aumento em relação ao ano anterior

De acordo com as estatísticas da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C), o país atingiu 13,1 milhões de pessoas sem emprego. A taxa de desocupação bateu 12,6% no trimestre encerrado em fevereiro, equivalente a uma alta de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre concluído em novembro.

O aumento é justificado pelas dispensas dos trabalhadores temporários que ocorrem após as festas de fim de ano. Essa seria a consequência do fechamento de cerca de 858 mil postos de trabalho.

População desocupada atinge maior nível histórico

Conforme dados do IBGE, a força de trabalho fora do mercado atingiu a marca de cerca de 64,9 milhões, o que equivale ao maior nível da série histórica da Pnad-C, que começou a ser medida em 2012.

Uma notícia que ameniza um pouco a situação é que o salário médio recebido pelo trabalhador terminou o período de forma estável em relação ao mesmo trimestre do ano anterior: R$ 2.186.

Fonte: Agência Brasil